Matéria >>


1º Congresso Regional de Trabalho Seguro no Transporte

Evento teve como objetivo promover um debate e alinhar os interesses de todos os envolvidos com as condições de trabalho dos motoristas de carga do país. O deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinha da Força, prestigiou o evento Debates sobre as atuais condições de trabalho dos motoristas de caminhão e uma reflexão sobre avanços nos setores de transporte rodoviário de cargas e de logística do país nortearam o 1º Congresso Regional de Trabalho Seguro no Transporte Rodoviário, que aconteceu de 21 a 22 de novembro, no Vitória Hotel, em Campinas. O Procurador-Geral do Trabalho, Luís Antônio Camargo de Melo, abriu o evento com uma discussão sobre a regulamentação da profissão de motorista e o resgate da cidadania desses trabalhadores. A Desembargadora e Vice-Diretora da Escola Judicial do TRT 15ª Região, Tereza Aparecida Gemignani Asta e o Procurador do Trabalho e o Coordenador da Procuradoria do Trabalho de Araraquara, Rafael de Araújo, debateram sobre o tempo de trabalho, de espera e de direção previstos na Lei 12.619/2012, que regulamenta a profissão de motorista de cargas e de passageiros, além de uma abordagem sobre o excesso de jornada de trabalho dos motoristas. “Esse Congresso acontece justamente no momento em que o setor de agronegócios e seus empresários querem mudar essa lei, que para nós, é uma regulamentação que salva vidas. Por isso, queremos reunir esforços neste evento para que isso não aconteça”, afirmou o Presidente da Federação dos Trabalhadores Rodoviários do Estado de São Paulo, Valdir de Souza Pestana. No período da tarde, o foco dos painéis foi o período de intervalo e descanso dos motoristas, com visões do Procurador da República, em Goiás, Claúdio Drewes José da Siqueira, que abordou as ações do Ministério Público para uma maior humanização das estradas, e do advogado trabalhista Sandro Lunard Nicoladeli. Já o segundo debate da tarde teve como tema os acidentes de trabalho no transporte rodoviário, com a presença do Técnico de planejamento e pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho, do capitão da Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo, Cláudio Rogério Ceoloni e da pesquisadora e gerente da Coordenação de Educação da Fundacentro Sonia Maria José Bombardi. O deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, prestigiou o evento. “Nós apoiamos a Lei 12.619/2012, e vamos lutar pelos direitos conquistados dos motoristas deste país. As resoluções deste Congresso são de extrema importância para ganharmos esta batalha”, declarou o deputado e presidente do Solidariedade. Dia 22 No segundo dia do Congresso, o assessor jurídico Setcesp, Marcos Aurélio Ribeiro, falou sobre “Oportunidades de autorregulamentação diante da nova lei”. O procurador do trabalho, mestre em Direito Constitucional, Antônio Gleydson Gadelha de Moura, discursou sobre o conteúdo possível da norma coletiva no setor de transporte. Eugênio Hatem Diniz, pesquisador da Fundacentro MG debateu os limites dos modelos de prevenção e novas abordagens em acidentes de trânsito, com enfoque nos motociclistas. O desembargador do TRT 15ª Região, Manoel Carlos Toledo Filho, fechou os painéis do período da manhã com o tema “Inversão do ônus da prova”. À tarde, Jaqueline Carrijo, auditora fiscal do trabalho, explanou sobre “Ações de Desafios da auditoria do trabalho para garantir a efetividade da Lei 12.619/12 como medida de segurança do trabalho na Década Mundial de Ação pelo Trânsito Seguro, 2011-2020”. José Marcelo Alves Gondim inspetor da Polícia Rodoviária Federal encerrou os painéis com a visão da entidade que representa. O Congresso terminou com a aprovação por parte dos 371 congressistas presentes de uma “Carta de Campinas do Transporte Seguro”, com as principais resoluções dos dois dias do Congresso, a qual será encaminhada para análise dos deputados de Brasília.





<< Voltar
Outras notícias
  1. Atenção - Setor Carga e Onibus
  2. Diario Oficial da União
  3. MPT decide que desconto da contribuição sindical deve ser aprovado em assembleia
  4. Salão de Festas
  5. Entrevista, a equipe Jornal União São Paulo
  6. GRANDE PLENÁRIA GERAL
  7. Emenda que altera vários pontos do projeto da terceirização
  8. Dia Internacional do Trabalhador no Brasil será de luto!
  9. Reivindicações Atendidas!!!
  10. Protesto de funcionários paralisa circulação de ônibus em Mogi
  11. EXAME OBRIGATÓRIO VAI DETECTAR USO DE DROGAS POR MOTORISTAS PROFISSIONAIS
  12. Emprego e menos juros para os trabalhadores
  13. 1º Congresso Regional de Trabalho Seguro no Transporte Rodoviário
  14. 30/10 FTTRESP - Rodoviários fazem ato na 19ª Feira Nacional de Transportes em SP
  15. Somente dois vereadores ficaram a favor dos rodoviários
  16. ENTREGA DE MICROONDAS NO TERMINAL CENTRAL
  17. FÉLIX E A VITÓRIA DOS RODOVIÁRIOS EM BRASÍLIA
  18. CENTRO ODONTOLÓGICO A TODO VAPOR
  19. MAIS UMA VEZ FELIX E SUA DIRETORIA BRIGANDO CONTRA A DUPLA FUNÇÃO
  20. ESPECIAL EX-TRABALHADORES DA VIAÇÃO SUZANO
  21. Retirada da Carteirinha Plano Odontológico
  22. A HORA DA VERDADE ! QUEM SÃO OS VEREADORES A FAVOR DO EMPREGO E DA SEGURANÇA DO POVO MOGIANO
  23. ONZE MOTIVOS OBVIOS PARA MANTER O COBRADOR NO ÔNIBUS
  24. INAUGURADO O CENTRO ODONTOLÓGICO DO TRABALHADOR RODOVIÁRIO DE MOGI E REGIÃO
  25. JSL - Movimentação de Carga Cia Suzano e Rio Verde - Conquistada Equipação Salarial
  26. Setor de Cargas
  27. ESPECIAL - Vitória na BREDA
  28. SETOR ônibus Mogi das Cruzes
  29. SETOR DE CARGA PLR- Participação nos Lucros e Resultados

DIREÇÃO RODOVIÁRIA
AV GOV ADHEMAR DE BARROS, 413
VILA RUBENS - MOGI DAS CRUZES - CEP 08735-075
TEL: 4724-9678 - sindrodov@terra.com.br

Blue Intelligence © 2021 - Todos direitos reservados 
criação